Terraplenagem: o que é necessário para a execução?

A terraplenagem ou terraplanagem está relacionada com aquela famosa expressão “preparar o terreno”. Este processo é justamente isso: deixar o espaço pronto e nivelado para receber a obra, sem nenhum defeito que possa comprometer sua estrutura. Há vários procedimentos que podem compor essa etapa, dependendo do terreno. Alguns deles são: 1) Escavação:Dependendo do local este […]

A terraplenagem ou terraplanagem está relacionada com aquela famosa expressão “preparar o terreno”. Este processo é justamente isso: deixar o espaço pronto e nivelado para receber a obra, sem nenhum defeito que possa comprometer sua estrutura.

Há vários procedimentos que podem compor essa etapa, dependendo do terreno. Alguns deles são:

1) Escavação:
Dependendo do local este processo pode ser realizado em solo mole, terra ou rocha, onde é rebaixada à topografia natural do terreno, deixando-o adequado ao projeto de construção.


2) Aterro:
Quando não existe material suficiente para o projeto de aterro no terreno, é feita a importação de terra de outro local..

3) Compactação de solo:
Esse processo utiliza um equipamento chamado Rolo Compactador Pata, para compactar e comprimir o solo, deixando- o mais firme e resistente.

O nível de compactação do solo é calculado por especialistas e também são efetuadas análises laboratoriais para definir se o solo está ou não apto para a construção.

Na maioria das vezes, o processo de compactação é realizado em camadas e é feito um aterro de, no máximo, 20 cm de altura. Se a terra estiver seca, é umedecida por um caminhão-pipa, no processo inverso, se estiver muito úmida, um equipamento chamado Grade, é utilizado para “secá-la”. Após esses processos, o Rolo Compactador Pata é utilizado. Não existe um número definido de camadas e devem ser utilizadas quantas forem necessárias para deixar o terreno firme.

4) Troca de solo:
Quando a consistência do solo não garante o suporte para a construção, é realizada a troca do solo, porém para se chegar a essa conclusão são necessários estudos e laudos técnicos. Após a escavação e remoção do solo é feito o aterro com compactação para adequar o terreno ao projeto.

5) Drenagem de solo:
Quando existe excesso de umidade no solo, a drenagem é feita com a criação de canais subterrâneos, em locais estratégicos, para escoar a água do terreno, bem como para as aguas pluviais de chuva.

6) Prevenção de erosão:
Para prevenir o aparecimento de erosão, a técnica mais utilizada é a criação de curvas de nível, que captam a água que escorre pela terra e não deixam que ela crie velocidade e decomponha o solo, abrindo valas. A quantidade de curvas de nível no terreno dependerá de sua extensão e grau de inclinação.

Não executar a terraplenagem ou executá-la de forma incorreta pode causar rachaduras e desabamentos. Por isso, é preciso uma empresa de confiança. A De Amorim Construtora trabalha com comprometimento e profissionais aptos para realizar todas as etapas da construção de forma correta. Além disso, trabalhamos também com a locação de equipamentos para todos os processos da construção civil, incluindo a terraplanagem e pavimentação.

Entre em contato conosco pelos telefones 41 3373-2155 / 41 3373-3538 ou mande e-mail para deamorim@deamorim.com.br